domingo, dezembro 02, 2007

Aniversário do grupo Sol

Realizou-se na passada sexta-feira, dia 30 de Novembro, na Sociedade 1º de Janeiro Torranense, um espectáculo musical cuja receita reverteu na integra para a colectividade.
A abertura do espectáculo coube às irmãs Vestia, seguindo-se o grupo coral Flores do Campo, das Alcáçovas, e a fechar o grupo musical, do Torrão, Sol.
De referir que o grupo Sol comemora 24 anos de existência, tendo partido dos seus elementos a ideia de organizar este evento.
De lamentar que mais uma vez a sala se encontrava práticamente vazia. É que geralmente quando não há nada ouvem-se lamentos de que o Torrão é um atraso de vida e onde não se faz nada e quando há... não aparece práticamente ninguém. Por outro lado quando não há eventos diz-se que a Sociedade devia ter isto e aquilo e depois quando há... enfim... como disse o outro, poucos mas bons.










3 comentários:

Anónimo disse...

Quando a nossa Terra não consegue apoiar os seus filhos, que levam o nome do Torrão de forma digna,a outras partes do país e estrangeiro, mostrando o que de melhor se faz em musica popular.Que na sua casa comemora vinte e quatros anos.Que a resposta mesmo sendo em acto de solideriadade,aparecem meia duzia de gatos-pingados,alguma coisa está mal.Estou de acordo com as palavras do responsavel do Grupo Sol,que diz; para se reconhcer o seu valor e apreço tem que ser noutras terras. Também eu que estive presente e que já dei algum contributo ao Grupo Sol,fiquei deveras apreensivo. Força rapazes um abraço.

Sui disse...

A mt k não vou a sociedade (a esta parte) e deixa-me dizer k adorei as fotos, se me perguntassem onde era não o saberia dizer....
jokas

um amigo do grupo disse...

É na realidade de lamentar, que um espectáculo desses, feito por um Grupo da Terra, que para mais era em prol da colectividade, não estivesse cheio.Eu lamento, que andando eu por este nosso Portugal, que por todo o lado por onde passo se houve falar do GRUPO SOL,das suas musicas,na sua própria Terra o seu valor não seja reconhecido, é triste mas como já dizia o outro SANTOS DA CASA NÃO FAZEM MILAGRES,eu lembro-me que algum tempo atrás, ouvi dizer que o GRUPO iria mudar-se para um concelho próximo, que lá eram, são e serão bem recebidos e acarinhados, logo ouve vozes no Torrão que disseram que não podia ser, essas mesmas vozes que agora faltaram à chamada. Mas eu quero aqui diz força rapazes, voces tem muito mas muito valor, senão como eram chamados a irem tantas vezes ao estrangeiro, será queé só pelas caras, não não é,isso posso eu afiançar, é pelo bom trabalho que vocês fazem, é pelo valor que tem demonstrado, senão como era possivel voltarem tantas vezes mesma terra, à mesma festa, é o reconhecimento dessas, autarquias, das comissões de festas dos empresários.Por isso, eu quero mais uma vez dizer-vos força, não desanimem,a vossa terra não vos apoia, continuem que o resto de Portugal está convosco.